FANDOM


Lupina (Rahne Sinclair) (Terra-616) Batalhas Galeria Armas Frases
Lupina
Rahne Sinclair (Earth-616) from X-Men Battle of the Atom (video game) 002
Galeria

Nome Real

Rahne Sinclair (pronunciado "Rain")

Codinome(s)

  • Lupina
  • Garra Sombria (Grimfang)
  • Princesa/Rainha de Gesham
  • Mutóide 490

Primeira Aparição

Marvel Graphic Novel Vol 1 4 (novembro, 1982)

Apelidos

  • Bolsa de Pulga (Fleabag)

Relacionados

Nome Original

Wolfsbane

Criadores


Características

Espécie

mutante

Olhos

verdes

Cabelos

vermelhos

Gênero

feminino

Altura


Peso

  • 50 kg (forma humana)
  • 186 kg (forma tranzital)
  • 476.3 kg (forma lupina)

Acessórios

Uniformes de moléculas instaveis – capazes de desaparecer quando se transforma em lobo e retorna ao voltar a forma humana. (nem todos os uniformes de lupina tem essa propriedade)


Status

Alinhamento

bom

Identidade

secreta

Cidadania

escocesa

Status Material

ativa

Ocupação

aventureira, investigadora particular, agente do governo, e professora formada

Educação

Instituto Xavier Para Jovens Superdotados


Origem

Universo

Terra-616

Local de Nascimento

Ullapool, Ross and Cromarty, Escócia


HISTÓRIAEditar

PassadoEditar

Rahne Sinclair nasceu e foi criada a noroeste dos planaltos ermos de Kinross, Escócia. Ela nasceu fora do matrimônio, e sua mãe faleceu ao dar-lhe à luz. Ao invés de ser colocada para adoção, Rahne foi criada pelo Reverendo Craig, um duro ministro presbiteriano da filosofia do fogo-e-enxofre, que tinha feito da salvação da alma da mãe de Rahne um problema próprio. O crescimento de Rahne foi frio e sem amor, e ela foi criada para viver sob o temor do Senhor.

Um dia, quando Rahne perdeu o ônibus escolar, foi vista por Moira MacTaggert, que ofereceu-se para dar-lhe uma carona para casa no seu cavalo. Rahne aceitou com gratidão, mas isso enfureceu o Reverendo Craig.

Novos MutantesEditar

Aos treze anos, Rahne descobriu seu poder mutante de mudança de forma licantrópica. Movido de ódio e medo, Craig reuniu uma multidão enfurecida para linchar a criança que havia criado. Acreditando que ela era uma criação do demônio, ele e sua multidão a perseguiram onde ela foi alvejada por uma bala e acabou tropeçando. Por sorte, ela foi vista pela Dra. MacTaggert, que reconheceu a criança ferida. Moira a defendeu da multidão, que agora invadia suas terras. Moira se tornaria a seguir a guardiã legal de Rahne.

Moira levou Rahne à Escola para Jovens Superdotados, onde ela conheceu o Charles Xavier e outra nova estudante, a Karma. Naquela época, Xavier acreditava que seus alunos, os X-Men, estivessem mortos, e relutava em tomar novos alunos, mas as circunstâncias não lhe deu opções, pois o vilão Donald Pierce estava tentando assassinar mutantes. Os novos alunos de Xavier lutaram contra ele e triunfaram, Rahne tinha sido alvejada mas se recuperou rapidamente por estar em sua forma de lobo. Rahne ganhou um uniforme de moléculas instáveis, que desapareciam quando ela mudava para a forma de loba ou a transitória. Ela também recebeu o codinome Lupina e tornou-se um dos membros fundadores dos Novos Mutantes. Xavier explicou a ela que seus poderes não era fruto de satanás e que ser mutante é algo natural.

Rahne percebeu rapidamente que, enquanto na sua forma lupina, dispunha de um elo psíquico com Danielle Moonstar, que podia se comunicar com animais. Dani logo se tornou sua melhor amiga, e atuou um pouco como uma irmã mais velha para a jovem necessitada. Rahne sempre foi um estudo de contrastes. Graças à sua educação, ela era terrivelmente tímida, mas, ao mesmo tempo, feroz nas suas emoções. Ela adorava ser uma loba, algumas vezes mais do que ser humana, mas tinha medo de que isso significasse que ela era má. Como uma jovem adolescente, ela tinha uma forte queda por Míssil, seu colega de equipe, que a tratava gentilmente, embora ignorasse seus verdadeiros sentimentos.

Uma nova integrante dos Novos Mutantes perturbou-a: Illyana Rasputin, uma feiticeira demoníaca. As fortes crenças religiosas de Rahne a colocaram à distância de Illyana, a quem acreditava ser filha do demônio. Ela sentia o mesmo pelo X-Men Noturno, devido à sua aparência demoníaca. Por todo o tempo, ela não conseguia se livrar das palavras de Craig, que ela própria era um produto do demônio, apesar de que seus amigos protestassem o contrário. Esse conflito íntimo a atormentou por anos. Fez amizade com Olhos de Gato, uma transmorfa felina da equipe inimiga, os Satânicos.

Xavier e vários dos Novos Mutantes visitaram a Ilha Muir. E lá Rahne teve um desagradável reencontro com seu antigo guardião, Reverendo Craig.

Ela buscou Moira logo em seguida. Estava começando finalmente a aceitá-la como uma mãe adotiva. Rahne conheceu um príncipe lobo, Hrimhari – que tinha uma forma transitória como a dela – quando os Novos Mutantes ficaram presos em diferentes partes de Asgard. Rahne se sentia confusa por ter se apaixonado por ele conhecendo o amor como loba antes mesmo de como humana. Os Novos Mutantes haviam tido a escolha de ficar em Asgard, mas o grupo inteiro seria forçado a fazê-lo. Embora Rahne almejasse passar mais tempo com o príncipe, ela renunciou ao seu amor pelo bem dos outros.

Rahne tirou férias e visitou Moira na Ilha Muir. Lá, ela quase foi vitimada por Legião, quando sua personalidade psicótica aflorou. Eles agiram em conjunto para impedir que Legião destruísse vilarejo Ullapool, mas, quando o Reverendo Craig apareceu para culpar e insultar Rahne, a irada garota pediu que eles deixassem Legião destruir o vilarejo. Os outros ficaram pensando se Rahne iria realmente permitir que Legião fosse tão longe. user posted image Beyonder apenas com o pensamento matou os Novos Mutantes e em seguida retornou-os a vida. Esta mórbida experiência traumatizou toda a equipe. Magneto, que era o tutor deles na época, pede a Rainha Branca para que, com seu poder, recuperasse a sanidade de seus alunos. Emma aceita o pedido mas também faz todos se recrutarem nos Satânicos. Furioso Magneto busca seus alunos de volta.

Rahne estava começando a aceitar mais a sua colega de equipe Illyana. Durante uma das festas de Lila Cheney, Rahne começou a se sentir atraída por outro colega de equipe, Douglas Ramsey, o Cifra, e desta vez o sentimento foi recíproco.

Essa felicidade não seria duradoura, no entanto. Escondidos de Magneto se envolveram em uma batalha com um cientista louco, o Animador e o grupo de ódio aos mutantes, A Direita. Cifra salvou Rahne ao empurrá-la quando Animador disparou contra ela, sendo ele próprio atingido. Doug morreu sem que os outros sequer o notassem durante a luta. Rahne não se perdoou e ficava na sala de perigo simulando perfeitamente a cena da morte de Doug, onde lá descobriu dezenas de formas de tê-lo salvo. Descobriram em seqüência, que também os X-Men haviam aparentemente perecido. Rahne foi a única a dar incentivo aos outros, lembrando-os que eles não podiam mais se dar ao luxo de ser crianças. Como resultado, os Novos Mutantes tentaram ocupar o lugar dos X-Men.

Ao longo das próximas semanas, os Novos Mutantes seriam freqüentemente controlados de perto por Magneto, mas mesmo assim ainda tinham uma aventura depois da outra. Quando Lila Cheney foi abduzida por um traficante de escravos alienígena chamado Aranya, naturalmente os Novos Mutantes foram rápidos ao seu encalço, sendo conduzidos a Aranya por sua serva, a sedutora Gosamyr, que obedecia Spyder porque ele mantinha sua família como refém.

Durante sua jornada pelo espaço, Gosamyr lentamente manipulou os Novos Mutantes, jogando uns contra os outros. Ela fez com que Miragem usasse seu poder (de satisfazer o maior desejo de alguém) sobre Lupina, produzindo uma duplicata de Sam que a amava. Mesmo depois de todo esse tempo, Rahne ainda sentia algo por ele, talvez revivido pela prematura morte de Douglas Ramsey.

Rahne finalmente se compadeceu de Illyana e se sentiu culpada por toda a maldade que lhe havia atribuído quando Illyana se sacrificou durante a invasão dos demônios do Limbo à Nova Iorque fazendo seus poderes mágicos a reverteu a seu estado infanil novamente.

Os Novos Mutantes remanescentes decidiram que não iriam mais seguir Magneto, pois discordavam dos seus métodos, e iriam se unir aos Novos Exterminadores. Logo depois em uma aventura em Asgard, Rahne reencontrou Hrimhari, seu amado príncipe lobo. Entretanto, deixar Hrimhari pela segunda vez absolutamente não incomodou Rahne, já que ela estava mais triste por sua amiga Danielle, que decidira ficar para trás para tentar restaurar o nome das Valquírias. Desesperada, Rahne se voltou ao seu novo colega de equipe, Rictor, em busca de algum conforto, para o ressentimento de Dinamite, outro novo membro.

O misterioso Cable passa a liderar os Novos Mutantes e Rahne se envolve com o rebelde Rictor, formando um curioso casal.

Programa de ExtermínioEditar

Alguns integrantes das equipes X, incluindo Rahne, foram capturado por genoshanos. Cameron Hodge, que trabalhava com os Genoshanos, usou Warlock para uma experiência de transferir para si os poderes transmutadores do alienígena. Lupina conseguiu impedir Hodge mas não conseguiu salvar a vida de Warlock.====

MutóideEditar

Hodge retalhou fazendo com que Rahne fosse submetida ao processo de ligação Mutóide, transformando-a em uma inofensível escrava do governo de Genosha. Durante a transformação, Rahne também foi emocionalmente unida a um dos Magistrados, no seu caso, Destrutor, que naquela ocasião também sofrera lavagem cerebral para servir Genosha. Nem ele nem Rahne sabiam desse procedimento. Entretanto, quando conseguiu mudar para sua forma transitória, viu que se livrava da dominação mutóide, e que estava mais poderosa do que nunca. Rahne e as equipes X destruiram Hodge. Ela se desculpou com Rictor, dizendo que não poderia voltar com ele. Ao contrário, ela queria ficar em Genosha, junto com Destrutor, para se assegurar de que o novo governo reconheceria os mutantes como cidadãos iguais aos outros. Embora ninguém suspeitasse disso na ocasião, essa decisão certamente foi influenciada pela união emocional com o seu “mestre”.

X-FactorEditar

Val Cooper viajou a Genosha para pedir a Destrutor que se tornasse o líder do novo X-Factor, agora trabalhando para o governo. Embora não interessado a princípio, Destrutor aceitou a oferta ao saber que Polaris (sua antiga namorada) estaria na equipe também. Rahne nunca foi de fato convidada para se engajar na equipe, mas ela foi junto apesar disso, novamente afetada pela sua insuspeita ligação emocional com Destrutor.

Sua exagerada devoção ao Destrutor foi notada por seus colegas de equipe. Ainda assim, mesmo quando Rahne começou a intimá-lo e a agir com ciúmes para com sua namorada, Polaris, os outros de início acreditavam que não era nada mais do que uma paixão adolescente inofensiva.

Lupina tentava manter sua forma transitória o mais aparentemente humana possível, já que ela não podia se transformar plenamente em humana. O problema era que se tornar totalmente loba também se tornou perigoso, pois seu lado lupino se tornava cada vez mais agressivo.

Rahne, depois de ser encarceirada e de ter uma discussão sobre os direitos das mulheres com um casal de irmãos. Vê que o jovem esfaqueou a sua própria irmã. Rahne sai completamente de si e o despedaça. Quando Mercúrio a encontrou, ela não lhe contou o que havia acontecido, mas expressou o receio de que havia se condenado ao inferno. O comportamento de Rahne ficava cada vez mais estranho. Às vezes ela era gentil com Polaris, porque isso fazia Destrutor feliz, mas outras vezes ela tinha ciúmes de Polaris, e chegou ao ponto de atacá-la, enquanto estava na forma de loba e agitada.

Míssil tenta levar-la de volta para seus antigos amigos (agora conhecidos como X-Force) pois achava que ela tinha sofrido lavagem cerebral por trabalhar no governo e esquecer de Rictor, mas Lupina o convence que seu lugar agora é no X-Factor. Tempos depois X-Factor e X-Force se encontram, Rictor a puxou para um beijo, mas ela o mordeu. Ficou dolorosamente claro que a antiga mágica entre eles se fora. Além disso, Rahne mostra que está ainda mais violenta que Feral quando a derrota.

Moira descobre que o comportamento selvagem de Lupina tinha sido causado por sua experiência como mutóide e que tinha sido unida a Alex por uma relação senhor/servo. Ela vai até a ilha Muir com Guido tentar se curar mas desiste por Destrutor não ter a acompanhado.

A relação de amor cada vez mais vai se transformando em ódio, pensando até em matá-lo de vez para resolver seu problema.

Até que a líder espiritual Guarida foi capaz de usar seu poder para curar Rahne e transformá-la novamente na sua forma humana normal. Pela primeira vez depois de longos meses, ela estava de volta à sua própria mente, e nem mesmo a aparente morte do Homem Múltiplo pôde refrear sua alegria. No ofício em memória de Jamie, ela também fez as pazes com Moira. Durante um ataque da Falange, Lupina conhece Douglock que se dizia ser um hibrido entre Warlock e Cifra. Lupina abandona a equipe depois descobre que Moira está com vírus legado e vai para a ilha Muir.

ExcaliburEditar

Com isso, ela se tornou um membro do Excalibur, a equipe-X que lá residia, e à qual Douglock havia recentemente ingressado.

Uma jovem mutante pirocinética, Bridget Shane, estava aterrorizada, o Reverendo Craig soubera dos seus poderes e lhe havia dito que ela estava condenada. Rahne finalmente se decidiu a confrontar Craig. Ela havia investigado o seu passado e chegado a algumas conclusões perturbadoras. Ela entrou na sua igreja, sem demonstrar qualquer medo ou pânico, apesar de que Craig berrava com ela e lhe ordenava que saísse. Lá dentro, Rahne disse que sabia que ele era seu pai biológico e o chantageou para deixar Bridget em paz.

Academia XEditar

Rahne, assim como alguns outros Novos Mutantes originais, foi instrutora na Mansão X onde ensinava a utilizarem seus poderes. Seu esquadrão, os Paragões, incluia os alunos Estopim, Lobinho, Astral e Fada.

Josh Foley, o Elixir, utiliza seus dons e recupera as habilidades lupinas de Rahne. O fato os aproximou e aluno e instrutora passaram a ter um caso escondido mas logo a verdade foi revelada e Rahne deixa a mansão X antes que os diretores Ciclope ou Emma Frost a demita.

O seu esquadrão abandonado sentiu a falta de sua instrutora e depois Magma assumiu seu lugar. Josh tinha namorada, a Feromona, e o caso com Rahne dividiu o esquadrão dos Novos Mutantes

X-Factor InvestigaçõesEditar

Aceita o convite de Jamie Madrox de participar de uma equipe de investigação trabalhando com antigos amigos. Lupina fareja a mão de seu amigo Fortão e sente cheiro de sangue e saliva e logo nota que ele matou Buchanan a quem deveria apenas investigar.==== É revelado para Rahne um pouco de seu futuro por Damien Tryp, onde ela matará Jamie e sua futura esposa Layla. O pior é que ela sente que isto pode realmente acontecer pois seu lado animal a domina cada vez mais. Ela estaria disposta a se matar para impedir, mas suas crenças dizem que tanto suícidio como assassinato condenam a alma ao inferno.

Rahne vai para a cama com Rictor e depois tenta se justificar dizendo que sentiu pena dele. mas a verdade é que seus instintos animais estão ficando cada vez mais incontroláveis.

X-ForceEditar

Lupina foi capturada pelos Purificadores, a X-Force a encontra em um depósito, onde ela foi abandonada depois de ser torturada pelo seu próprio pai, o Reverendo Craig – afiliado a equipe religiosa anti mutante. Rahne recebeu uma overdose de heroína. A X-Force a levou as pressas para o lar de Anjo, que chamou o mutante curandeiro Elixir para salvar a jovem.

NecroshaEditar

GravidezEditar

Ela reencontra uma antiga paixão, o príncipe Himrari de Asgard e acaba grávida dele, assim ela saiu da equipe e foi para o QG do X-Factor quando encontrou Rictor (no qual teve um caso no passado) e Shatterstar se beijando no quarto, ela diz que o bebê é do Rictor. Rictor, mesmo sabendo que não é o pai, assume a paternidade para Rhane não ficar mal falada.

Rhane não iria sobreviver ao nascimento de um asgardiano, então Elixir modificou os genes dela transferindo parte do poder de seu bebê para fortalecer o corpo de Lupina para poder suportar a gravidez de um ser divino deixando-a aparentemente mais forte e resistente.

PODERES E HABILIDADESEditar

PoderesEditar

  • Licantropia:
    • Se transformar em lobo ou em qualquer estágio transitório.
    • Garras afiadas e dentes afiados.
    • Faro, audição, agilidade, saltos e força lupina (Atualmente pode farejar também em sua forma humana.)

HabilidadesEditar

  • Contato empático com Dani Moonstar quando está e sua forma de lobo.
  • Conhecimentos de primeiros socorros e básico de genética (ensinados por Moira).

FraquezasEditar

Nível de ForçaEditar

PERSONALIDADE E APARÊNCIA Editar

Personalidade Editar

Características Psicológicas:

  • Reprimida, inocente, emotiva, tímida, melancólica.
  • Geralmente querendo se apaixonar ou com alguma paixão platônica. (Míssil, Cifra, Destrutor) e com ciumes das namoradas deles. (Lila Cheney, Polaris)
  • Se sente mais a vontade em sua forma Lupina, onde deixa de lado suas inseguranças humanas e age mais por instinto.
  • Mostra cada vez mais um lado violento em sua forma lupina.
  • Religião Presbiteriana (categoria dentro do Protestantismo Cristão). Mantém muito de sua tradição religiosa, seguindo dogmas e idéias conservadoras.
  • Sotaque escocês.

Relacionamentos: Hrimhari, Rictor (primeiro beijo), Elixir (relacionamento curto) -Medo de palhaço.

Aparência Editar

Como Rahne: -Baixa -Cabelo originalmente rajado, curto e grosso (como a pelagem de um lobo) atualmente seu cabelo é normal e cresce normalmente. -Algumas vezes desenhada com orelha pontuda. -Tatuagem de identificação genoshana na testa

Como Lupina:

  • Aparência Lincantrópica: Pêlo por todo corpo. Face, unhas e rabo de lobo. Junta articulada invertida abaixo do joelho. (Após Programa de Extermínio desenhada muitas vezes maior do que em sua forma humana).

NOTAS Editar

LINKS Editar

REFERÊNCIASEditar

Notas de RodapéEditar