FANDOM


William Stryker (Terra-616) Batalhas Galeria Armas Frases
Willaim Stryker
William Stryker (Earth-616) from Weapon X Vol 3 4 001
Galeria

Nome Real

William Stryker

Codinome(s)

Sargento William Stryker, Reverendo William Stryker

Primeira Aparição

Marvel Graphic Novels Vol 1 5 (janeiro, 1983)

Apelidos


Relacionados

Marcy Stryker (esposa, falecida);
Jason Stryker (filho)

Nome Original

Willaim Stryker

Criadores


Características

Espécie

humano, mais tarde convertidos em um Cyborg

Olhos

azuis

Cabelos

grizalhos

Gênero

masculino

Altura

1,82 m

Peso

82 kg

Acessórios

Corpo Cyborg; anteriormente um antebraço direito cibernético


Status

Alinhamento


Identidade

sem identidade dupla

Cidadania

americano

Status Material

viúvo

Ocupação

Reverendo, terrorista, assassino em massa, ex-soldado

Educação



Origem

Universo

Terra-616

Local de Nascimento

Phoenix, Arizona


HISTÓRIAEditar

Deus Ama, O Homem MataEditar

Antes de se tornar um fanático religioso fundamentalista, William Stryker foi um militar do exército americano em missão especial para o programa de testes nucleares.

Após sofrer um acidente de carro no deserto de Nevada, sua esposa entra em trabalho de parto e têm seu filho ali mesmo, na estrada. Ao ver que a criança era um mutante por sua aparência física, ele mata a criança e sua mulher. Em seguida, tenta cometer suicido colocando fogo no carro. Entretanto, o carro explodiu, jogando-o das chamas.

Convencido que o diabo tinha relação com as mutações, conclui que a única razão de Deus permitir que seu filho fosse um mutante foi para conduzi-lo à sua verdadeira vocação: livrar o mundo dos mutantes. E assim se torna pastor, pregando a necessidade da erradicação dos mutantes.

Stryker convoca seus seguidores, inclusive um grupo paramilitar secreto chamado de os Purificadores que cometeram crimes contra mutantes. Stryker os manda sequestrar Charles Xavier. Após a captura, Stryker faz uma lavagem cerebral em Xavier e unindo a uma máquina similar ao Cérebro, ele pretende usar os poderes telepáticos de Xavier para matar todos os outros mutantes. A fim de acabar com este problema, os X-Men juntam forças com seu mais terrível inimigo, Magneto.

Eu em discurso público, seu fanatismo e falta de razão torna-se óbvio, ao humilhar o mutante Noturno.

Em seguida, sem argumentos contra a resposta de Kitty Pryde, tenta matá-la na frente do público. Um dos policiais responsáveis pela segurança dispara contra Stryker e prende-o.

Deus Ama, O Homem MataEditar

Após dar a extrema-unção a um preso na costa oeste, William Stryker retornando a sua prisão de avião é resgatado por Yuriko Oyama (Lady Letal). A ciborgue ainda assassina toda a tripulação do avião e, usando o rádio, faz parecer que a culpa foi dos X-Men. Os dois então pulam da aeronave, que está prestes a explodir e vão até Chicago atrás de Kitty Pryde. Enquanto isso, os X-Men vão investigar o local da queda e são surpreendidos por uma equipe de soldados com armamento pesado.

DizimaçãoEditar

Depois de tudo, William Stryker se arrepende de seus atos e se acolhe numa cidade no interior. Estava prestes a se matar com uma arma quando Nimrod apareceu para ele em frente a uma imagem de Cristo fazendo “arder” novamente suas ideias religiosas fanáticas.

Logo após, quando a mutandade foi reduzida por conseqüência das palavras de Feiticeira Escarlate, Stryker retorna a mídia fazendo entrevistas dizendo que a vontade de Deus foi feita. Varrendo os mutantes do planeta.

Planejou a invasão do Instituto Xavier com o objetivo primário de matar Feromona e Pó, porque tinha sido informado por Nimrod que ambas as meninas seriam fundamentais na destruição de seu exército.

Assim, sequestrou e matou o mutante Ícaro, um dos estudantes do Instituto, conseguindo assim as informações necessárias para ele e os Purificadores invadirem a Mansão. Explodiram um ônibus do Instituto matando diversos alunos que tinham perdido seus poderes mutantes, incluindo os mutantes Pique e Dj. Então, um franco atirador purificador dispara contra a cabeça de Feromona, matando-a na frente de Elixir que não conseguiu curá-la.

Logo em seguida os Purificadores avançam pra dentro da mansão matando Ouriço e ferindo, entre outros, Bishop, Emma Frost, Onyxx e Míssil – Os dois ultimos gravemente. Foi um verdadeiro massacre, o total de mortos foi de 45 alunos e após os Purificadores serem derrotados, Stryker foi morto pelo toque da morte de Exilir.

Segundo AdventoEditar

Stryker foi mais tarde ressuscitado pelos Purificadores usando a tecnologia Tecnorgânica e controlada pelo Bastion. Ele assumiu o controle dos Purificadores agora combinados com a Liga Sapien. Quando Bastion localizou Esperança Summers e Cable, ele despacha o Reverendo e seus Purificadores para eliminá-los. Eles são interceptados por um grupo de X-Men com a ajuda de uma arma de "ritual armado", ele é capaz de tirar Magia da luta. Ele também neutraliza temporariamente o teletransporte de Noturno. Com os X-Men incapazes de se teletransportar à vontade, estão cercados pelos Purificadores. Sentindo a batalha mudou e não mais a seu favor, Wolverine instrui Anjo a se transformar em seu personagem do Arcanjo. Ele conseguiu despachar rapidamente os Purificadores e matou William Stryker, cortando-o pela metade.

Armas de Destruição MutanteEditar

Vários anos depois, Reverndo Stryker foi de alguma forma trazido de volta à vida com um corpo robótico. Como diretor de uma nova encarnação do programa Arma X, Stryker colocou a mira na erradicação com a criação de ciclos mortais de Adamantium. Esses cyborgs foram criados a partir de humanos comuns de Stryker atraídos para sua causa. Como parte do processo para refinar seus cyborgs, a Arma X visou vários mutantes com habilidades especiais de seu interesse, nomeadamente Logan, Dentes-de-Sabre, Apache, Dominó e Lady Letal.

Uma vez que a Arma X capturou Lady Letal e o material genético colhido para seus cyborgs, eles enviaram seus robôs após os quatro alvos restantes. Enquanto eles não conseguiram capturar Logan e Dentes-de-Sabre, eles adquiriram amostras de tecido. Enquanto isso, Apache foi apreendido com sucesso. Quando os cyborgs da Arma X atacaram Dominó, Logan e Dentes-de-Sabre se uniram para investigar seus atacantes e conseguiram resgatá-la. A fim de melhorar a resistência e a força dos cyborgs, os cientistas da Arma X convenceram Stryker a se concentrar no Hulk.

Mesmo que os cyborgs que atacaram o Hulk conseguiram que uma amostra de sangue fosse enviada ao seu centro de comando antes de ser derrotada e forçada a se autodestruir, seu ataque levou Cho a investigar a situação e unir forças com os outros alvos da Arma X. Os dados recuperados de um cyborg parcialmente preservado permitiram que Hulk e seus novos aliados determinassem a localização de um dos centros de produção dos cyborgs. Quando a referida instalação foi invadida por Hulk e os mutantes, Stryker teve a autodestruição, matando seus funcionários no processo. Os mutantes e Hulk sobreviveram, e até conseguiram resgatar Apache e Lady Letal de contenção. Com a amostra de sangue de Hulk ainda em sua posse, a Arma X mudou-se para a criação de híbridos mutantes-Hulk.

Depois de investigar mais a Arma X, Hulk e os mutantes localizados e invadiram seu comando central. Ao evacuar, Stryker foi interceptado por Dentes-de-Sabre, Logan e Lady Letal, que tentaram matá-lo. A vida de Stryker foi salva pelo Hulk, já que o jovem herói não estava disposto a deixar qualquer um de seus aliados matar ao redor dele. Essa breve disputa entre aliados deu a Stryker tempo suficiente para completar sua fuga. Após a fuga, Stryker começou a rastrear o Híbrido chamado Alfa-H para recuperar o controle dele. Ele enviou Cyborgs da Arma X para recuperá-lo, mas Alfa-H matou todos os cyborgs, e deixou Stryker, gravemente ferido, antes de fugir. Stryker foi encontrado pela equipe Arma X e pelo novo Wolverine. Com seu corpo robótico danificado para se mover, Stryker concordou em contar-lhes tudo o que precisava saber para derrotar o Alfa-H.

Enquanto os mutantes estavam lutando contra Alfa-H, Dentes-de-Sabre roubou o reator nuclear que alimentou o navio de sua equipe e pretendia usá-lo em seu inimigo. Além disso, amarrou o tronco de Stryker com a intenção de matar dois pássaros com uma pedra. Quando Creed se juntou à briga, o torso de Stryker ficou perdido na confusão. Ele ressurgiu em Nebraska pouco depois disso, tendo enxertado os membros que estava faltando no tronco e iniciou uma pequena igreja que estava ganhando rapidamente novos seguidores.

PODERES E HABILIDADESEditar

PoderesEditar

Ciborgue: Stryker foi convertido em um ciborgue, equipado com peças de adamantium:

  • Durabilidade sobre-humana: sua construção adamantium lhe dá um alto nível de durabilidade sobre-humana, permitindo-lhe sobreviver ferido gravemente pela Arma-H, embora ele não tenha podido se mudar.

HabilidadesEditar

Soldado qualificado e líder da unidade militar.

FraquezasEditar

Nível de ForçaEditar

Média.

PERSONALIDADE E APARÊNCIA Editar

Personalidade Editar

Fanatismo religioso fundamentalista.

Aparência Editar

Cabelos grisalhos.

NOTAS Editar

  • Deus ama, o Homem mata: Deus ama, o Homem mata, a história escrita por Chris Claremont onde Stryker apareceu pela primeira vez, é considerada por muitos como uma das melhores histórias dos X-Men.
  • No Brasil: Essa história foi publicada pela primeira vez no Brasil em 1988 na série “Graphic Novel” da editora Abril traduzida no Brasil como “Conflito de uma Raça”. O título original não foi traduzido ao pé da letra por uma censura interna: O diretor de redação Cláudio Marra também era pastor e não achava de bom tom usar em um título de uma revista as palavras “Deus e Mata”. Anos depois a Panini, republicaria a série com a tradução Deus ama, o Homem Mata em 2003.
  • Deus ama, o Homem mata 2: A história Deus Ama, o Homem mata 2, tb escrita por Claremont foi claramente baseada no roteiro do filme X-Men 2 (Stryker e Letal trabalhando juntos; X-Men enfrentando soldados), já que foi lançada em dezembro de 2003, meses após o lançamento do filme, em maio do mesmo ano.

Porém não se compara a qualidade da história original.

LINKS Editar

REFERÊNCIASEditar

Notas de RodapéEditar